NA HORA DA PARTIDA

PZLTalvez inesperadamente afastou-se de nós quando ainda havia tanto para fazer, tanata gente para conhecer, tanto para dar, senão que doutrinar pela sua acção evangelizadora, dando a conhecer quanta humildade e bondade existe no seu coração de homem e de sacerdote.

Sinceramente que tenho pena, muita pena, do seu afastamento do nosso convívio. Eu sei que yem penas são as galinhas, assim me disse, mas como o senhor não pertence ao mundo dos galináceos, nem tão pouco sabe cacarejar, não posso deixar de lamentar a decisão assumdida pelo nosso Excelentíssimo e Reverendíssimo Patriarca. A sua partida deixou-me tristeza, mas estou plenamente confiante que a nossa amizade se manterá. Será?

Quis Deus que a minha saúde não me permitisse ajudá-lo, como muito gostaria, na concretização das muitas actividades que empreendeu, a que deitou mãos, a partir da entrada como Prior desta Vila de Linda-a-Velha, pelo que apenas me limitei a rezae pelo êxito da sua concretização.

Creia que deixou saudades em todos aqueles que consigo conviveram e nesta terra de que foi afastado quando tanto nos poderia ter da sua juventude, da sua força de vontade, da sua sabedoria, enfim, da sua coragem. Que o Pai do Céu me perdoe este pecado mortal, mas tenho inveja do povo de Paço-de-Arcos que agora tem o privilégio de o ter consigo.

Quando me reformei da minha actividade profissional, cheio de ideias quanto ao meu futuro, planeei e projectei a concretização de alguns sonhos, cujos trabalhos logo iniciei e nesse espírito, passei a dar aulas de teatro numa Universidade Senior, tendo escrito variadíssimas peças teatrais, criado um grupo de teatro que levou à cena, com êxito, alguns espectáculos que encenei, colaborei num jornal semanal, publiquei dois livros de “Memórias de Linda-a-Velha”, enfim, como o “homem põe e Deus dispõe” tudo ficou pelo caminho, tudo se frustrou com o problema de saúde que me afectou e ao senhor devo a graça de me ter convencido a deixar a minha casa onde, embora debilitado me encontrava só e um tanto abandonado a a ingressar no nosso Lar, cuja construção acompanhei e de que fiz parte como voluntário. Às vezes a vida é um pouco ingrata mas o Pai do Céu é que sabe e manda e quem somos nós para contestar os seus desígnios.

Um dia, no ano de 2013, ao contar-lhe a origem do ensino da doutrina cristã em Linda-a-Velha, por meios próprios, isto é na década de cinquenta, sem recursos a favor das bondosas senhoras da Casa de Macedo da Cruz-Quebrada, que aqui se deslocavam semanalmente e me pediu para passar a escrito a conversa que tivemos, ao fazê-lo jamais supus que o iria inserir na internet, sendo o inicio do blogue que criou, convidando-me a escrever memórias e vivências desta terra e desta gente e em boa hora o fez, pois tenho recebido comentários bastante elogiosos, o que me fez sair do marasmo em que se transformou a minha vida. Entusiasmei-me de tal maneira que, aparte isso, já escrevi cerca de trinta contos para crianças, com ensinamentos para adultos, sendo outros para estes mesmos, reunido em livro, ideia a que se juntou a minha boa amiga poetisa e contista Drª Eduarda Galhoz, cuja publicação está dependente da União de Juntas de Freguesia, para o que oferecemos os nossos direitos de autor.

Serve este preâmbulo apenas para lhe agradecer, reconhecidamente, o interesse que conseguiu incutir-me ajudando-me a suportar o peso da melancolia em que passo os meus dias. Infelizmente, só não me convenceu a usar as novas tecnologias.

Obrigado Rev.mo Padre José Luís Costa pela sua amizade e não se esqueça de me incluir nas suas orações como eu o faço e continuarei a fazer, diariamente, em relação a si. Entretanto receba o meu abraço.

Linda-a-Velha, 2014 Setembro/22

Joaquim Fernandes

Deixe um comentário

Filed under Sem categoria

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s