ANJO CUSTÓDIO DE PORTUGAL

ANJO DE PORTUGAL

Joaquim Fernandes in Linda-a-Velha, 2014 Agosto/14

Há tempos li uma notícia num jornal regional cujo motivo chamava a atenção para a devoção devida ao Anjo de Portugal.

De facto este nosso País, à semelhança dos demais, tem o seu Anjo protector que, segundo o calendário litúrgico é celebrado no dia 10 de Junho.
Na minha meninice neste dia 10 de Junho celebrava-se Camões – Luís Vaz de Camões, esse vulto único na Europa e talvez no Mundo, cuja data de nascimento se desconhece mas sabe-se ter morrido no dia 10 de Junho de 1580, precisamente no ano em que Portugal perdeu a sua independência ao ser desbaratado e vencido o grande português Dom António Prior do Crato legitimo herdeiro do trono de Portugal, naquela trágica Batalha de Alcântara, travada no dia 25 de Agosto de 1580, ficando este nosso País sob o domínio dos espanhóis durante sessenta anos. Camões, independentemente da miséria em que viveu a sua velhice e de outros males do corpo e da alma que o afligiram e teve de suportar, morreu, por certo envergonhado do País onde nasceu e tão bem soube cantar, não conseguiu ultrapassar os problemas em que foi envolvido, tendo acabado por perder a sua independência a favor de um ganancioso rei espanhol, só porque tinha sangue português por parte de sua mãe, no que beneficiou da colaboração de alguns portugueses poucos escrupulosos que vendendo-se o ajudaram nesta vergonhosa acção.
Mais tarde, aproveitando este dia, passou a festejar-se Portugal e, posteriormente, das Comunidades Portuguesas, festejando-se, por conseguinte, em 10 de Junho Portugal, Camões e as Comunidades Portuguesas, escolhendo-se este dia para homenagear e honrar alguns elementos valorosos, todavia não tantos quantos deviam. Porém esqueceu-se a nível estatal o Anjo de Portugal que neste dia também se celebra, não obstante a Igreja orgulhosamente o fazer.
A celebração do Anjo de Portugal teve a sua origem no reinado de Dom Manuel I – o Venturoso, instituído pelo Papa Júlio II, no ano de 1504, sendo inserido no Calendário Litúrgico pelo Papa Pio XII no ano de 1952 e a sua devoção assumiu contornos de grande Fé aquando da Aparição em Fátima em 1917 da Santíssima Virgem aos pastorinhos Jacinta, Francisco e Lúcia, estando os dois primeiros já beatificados e das consequentes aparições do Anjo de Portugal aos mesmos pastorinhos preparando-os para esta visita da Mãe do Céu.
Se quem governa Portugal atentasse mais nesta devoção, honrando o seu Anjo Protector, talvez estivesse mais protegido de muitos dos problemas que tanto nos afligem e para que se não vê solução nem a curto nem a longo prazo, como o desemprego, o abandono dos idosos, a protecção na saúde, a mendicidade, a fome, o amparo na infância, enfim a falta de caridade para com a maioria do seu povo, esquecendo-se que este Anjo tem como missão Divina governar, reger, guardar e iluminar-nos aos Olhos de Deus e Portugal bem precisa de ser iluminado.
Sendo Portugal um País maioritariamente católico e temente a Deus, desde longínquos anos, diremos, desde sempre, bastando observar a nossa História a partir do nosso primeiro rei Dom Afonso Henriques, o Conquistador, por que razão agora se verifica esta ridícula mentalidade e afastamento entre o Estado e a Igreja, quando, afinal, nas grandes solenidades por ela promovidas, o Governo sempre marca presença ao mais alto nível.
Portugal nasceu do nada, com a graça de Deus e a coragem e bravura dos Homens, cresceu, fez-se grande entre os maiores e agora, com o avançar dos séculos, está reduzido a este rectangulozinho recortado com Ilhas ao fundo, lá longe, distantes, pelo que em vez de progredir se deixa regredir e muitas vezes humilhar e subordinar, pelo que não deviam dispensar a Protecção do nosso Anjo.
Termino, esperançado que, num futuro próximo, passará a celebrar-se, oficialmente, no dia 10 de Junho – Portugal, Camões, Comunidades Portuguesas e o Anjo Protector.

 

2 comentários

Filed under Sem categoria

2 responses to “ANJO CUSTÓDIO DE PORTUGAL

  1. Maria Zulmira de Carvalho Cardona Correia Antunes

    Não sabia do Anjo de Portugal ,acho muito bem que o incluam no dia 10 de Junho Mirita

  2. MARIA ZULMIRA CARVALHO CARDONA CORREIA ANTUNES

    Não me lembro deste comentário mas penso da mesma maneira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s